A importância da alimentação balanceada junto com a atividade física

Muitos se preocupam em ter somente uma boa alimentação e outros só realizam exercícios periodicamente, mas se esquecem de prestar atenção no que estão comendo. Mas é importante ficar de olho nesta dupla: alimentação balanceada e exercícios físicos regulares, pois eles podem trazer inúmeros benefícios para sua saúde e também para a boa forma.

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a falta de exercícios e também uma alimentação descontrolada estão entre os principais fatores de risco de doenças cardiovasculares, hipertensão, diabetes, muitos tipos de câncer e também a obesidade. Em contrapartida, a realização de uma boa alimentação junto com as atividades físicas constantes ajuda a manter a forma, melhoram a disposição e evitam muitas doenças.

Veja aqui algumas dicas para melhorar sua qualidade de vida tendo alimentando-se e exercitando-se corretamente e sinta a diferença.

Como fazer atividades físicas regulares

Engana-se quem acha que só quem precisa perder peso tem que fazer exercícios. Algumas dicas simples ajudam a ter uma vida mais ativa e vão trazer grandes benefícios para seu corpo e sua saúde. Para começar, você pode caminhar por 40 minutos todos os dias. Gastará cerca de 300 calorias e ao mesmo tempo estará cuidando de sua qualidade de vida. Para quem gosta, a natação também é uma boa opção porque fortalece a musculatura.

É possível frequentar uma academia, ir a aulas de danças e até mesmo mudar pequenos hábitos do dia a dia, como pegar a escada ao invés do elevador, andar menos de carro e preferir a bicicleta, etc.

Vale lembrar que se você ainda não pratica nenhum tipo de atividade física é preciso começar aos poucos até que seu corpo pegue o ritmo, então nada de exagerar na dose.

Como ter uma alimentação balanceada

Da mesma forma que a prática de exercícios físicos regulares, a alimentação saudável não deve ser seguida somente por quem deseja emagrecer, mas por qualquer pessoa que queira preservar sua saúde.

Para começar a mudar seus hábitos, você pode começar ingerindo de 1.500 a 2.500 calorias por dia. Isso vai variar de acordo com seu biotipo, por isso a ajuda de um nutricionista será de grande valia para determinar a quantidade de energia que precisará consumir diariamente.

O velho “truque” de comer a cada três horas, ou seja, fazer uma média de seis refeições ao dia, ainda é o mais indicado para uma boa reeducação alimentar e para que possa variar e distribuir a quantidade de nutrientes que precisa durante o dia. Lembre-se de consumir sempre legumes, frutas, verduras em abundância, mas jamais abrir mão da quantidade necessária de proteína, carboidrato, etc. que cada organismo precisa. Mescle os tipos de alimentos e distribua-os em várias refeições para garantir uma boa alimentação balanceada.

Há quem não se adapte ao modelo de dieta que conta calorias e acaba sentindo fome. A dieta Dukan é uma boa opção porque permite o consumo à vontade de carnes magras e outras proteínas.

O acompanhamento de um profissional é sempre importante tanto para a realização de exercícios como também para uma mudança alimentar, então não se esqueça de buscar ajuda médica e seguir todas as recomendações para melhorar sua qualidade de vida, estar em dia com a saúde e ainda manter a forma.

1 comentário

Insira um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *